TRT, OAB e Acat firmam parceria para conquistar adesão de advogados

Uma parceria para que todos saiam ganhando na difícil transição do processo de papel para o processo virtual. É o que ficou decidido em reunião na quinta-feira (02) entre a Administração do TRT e dirigentes da OAB e da Associação Catarinense dos Advogados Trabalhistas (Acat). A reunião serviu para acertar os detalhes da parceria, já que a partir de 1º de maio todas as ações que forem distribuídas para a 1ª e a 2ª VT de Florianópolis não terão mais papel e vão tramitar apenas pela via eletrônica.

Entre as ações, será firmado um convênio para que o Tribunal disponibilize um microcomputador e de um scanner em cada sala da OAB instalada nas unidades judiciárias – onde houver espaço para tal, vale ressaltar. A função do scanner é permitir a digitalização das peças processuais, já que um dos problemas constatados pelos juízes é que muitos advogados chegam nas audiências apresentando a contestação em papel.

A capacitação é outro alvo. Os funcionários da OAB vão receber treinamento para operar o scanner com rapidez. Durante uma semana, servidores do Tribunal vão ficar após o expediente diário para dar palestras explicativas aos advogados que tiverem interesse. Elas vão acontecer no auditório do TRT.

A Secretaria de Informática do Tribunal também está preparando um tutorial, que ficará disponível no site do TRT para quem quiser aprender um pouco mais sobre o Provi. Como o futuro do processo é sem papel, nada mais justo do que conscientizar os futuros operadores do direito sobre a mudança. Por isso, o Provi será divulgado também junto às universidades.

Participaram da reunião a presidente do TRT, juíza Marta Maria Villalba Falcão Fabre, o da OAB, Paulo Roberto de Borba, e o vice-presidente da Acat, Allexssandre Lückmann Gerent.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social da JT/SC

SIGA-NOS:
Todas as Notícias