Juiz catarinense conta novidades da nova versão do PJe-JT

O juiz Luiz Carlos Roveda, da VT de Navegantes, retornou há poucos dias de Brasília, onde participou de reuniões do Grupo de Usabilidade a convite do juiz José Hortêncio Ribeiro Júnior, coordenador do Grupo de Trabalho de Especificação de Requisitos para o PJe-JT de 1º grau.

O objetivo do grupo rotativo, formado por juízes e diretores de vara, é buscar melhorias para o sistema. Nos encontros foram apresentadas e apreciadas mais de 60 sugestões. “O trabalho é artesanal e cheio de senões”, diz Roveda. As propostas aprovadas foram, depois, demonstradas aos analistas de TI para verificação da viabilidade técnica. As que permaneceram foram especificadas e serão integradas na versão 1.4.8. do sistema, com previsão para disponibilização no dia 14 de outubro.

O magistrado adianta que, entre as novas funcionalidades, está a possibilidade de assinar os despachos em lote, redução de cliques e recibo de protocolo aos advogados. Também haverá unificação de linguagem, registros de prazos, supressão de botões, abas e melhorias visuais.

“O caminho da usabilidade apenas se inicia e não é curto. Mas é importante notar a atitude do CSJT de reconhecer a necessidade de melhorias na usabilidade e fazer que estas passem pelo crivo dos usuários”, destaca Roveda.

Fonte: Assessoria de Comunicação do TRT-SC
SIGA-NOS:
Todas as Notícias