Felipe Caliendo recebe Medalha João Bonassis

Advogado há 30 anos, Felipe Caliendo recebeu nesta quinta-feira (12), durante a última sessão do Conselho Seccional neste ano, a Medalha João Bonassis, mais alta condecoração da OAB/SC. A medalha – a primeira concedida pela atual gestão – foi entregue pelas netas Juliana e Maria Luiza, em cerimônia que teve a presença de familiares e amigos do advogado, que preside a Comissão de Direito do Trabalho da OAB/SC e já dirigiu a Associação Catarinense dos Advogados Trabalhistas (ACAT).

“Na advocacia, a atuação de Felipe sempre foi exemplo de retidão, honestidade e acima de tudo lealdade”, disse o Conselho Estadual Gustavo Villar Mello Guimarães, que propôs a homenagem – aprovada por unanimidade pelo Conselho – juntamente com o Conselho Federal José Geraldo Ramos Virmond.

Em seu agradecimento, Caliendo homenageou a advocacia: “Hoje me dou conta da independência do advogado, que tem que ser a independência da própria OAB. Dependentes, não temos coragem para enfrentar. Independência e dignidade são bens que não se outorgam. O medo não pode ser uma palavra que amedronte. Nelson Mandela disse: ‘aprendi que coragem não é ausência de medo, mas o triunfo sobre ele’”.

O presidente da OAB/SC, Tullo Cavallazzi Filho, destacou a luta de Caliendo pela independência da advocacia. “Tu és um agente modificador. Não ensinas com ar professoral, mas com atos. Felipe não é aquele preocupado com questões individuais, mas sempre com o bem comum. Não à toa tornou a ACAT tão presente”, disse.

Criada em 1992, a Medalha João Bonassis distingue advogados, magistrados e procuradores por relevantes serviços prestados à Justiça, ao Direito, à OAB, ao aperfeiçoamento da cultura e das instituições jurídicas e às causas sociais. João Bonassis presidiu a OAB/SC de 1957 a 1970.

Fonte: Assessoria de Comunicação da OAB/SC.

SIGA-NOS:
Todas as Notícias