Debate entre candidatos ao governo do Estado na OAB/SC

A ACAT-SC representada pelo seu Presidente Felipe Iran Caliendo esteve presente ao debate levado a efeito no auditório da OAB com os candidatos Ideli Salvatti, Rogério Novaes, Angela e Colombo que responderam a questões formuladas em um debate realizado na manhã desta quinta-feira (5).

Um auditório lotado acompanhou atentamente o debate, que teve clima tranqüilo. Os candidatos, após a apresentação inicial, começaram respondendo a duas perguntas formuladas pela OAB/SC, sobre defensoria dativa e pagamento de precatórios, com dois minutos para resposta. Sobre o último, respondeu a candidata Ideli Salvatti da necessidade de haver seriedade e responsabilidade de assumir o pagamento. O passivo é alto há muitas pessoas em situação indelicada, como um cidadão de 72 anos que está em estágio terminal de câncer e não chegará a receber o precatório devido. O modelo de ordem cronológica abre precedentes lamentáveis. Afirmou ainda que como governadora, assumo o compromisso de retomar a normalidade dos pagamentos.

Questionados ainda sobre ser a favor da manutenção da defensoria dativa nos moldes como funciona hoje ou é favorável à criação de uma defensoria pública? E também se haveria o comprometimento a manter o pagamento mensal feito aos defensores dativos, respondeu o candidato Rogério Novaes respondeu – Me comprometo de coração.

O presidente Paulo Borba entregou a todos por escrito as perguntas enviadas por e-mail por advogados de todo o estado e por questão da exiguidade do tempo não puderam ser todas formuladas. Borba finalizou convidando desde já que – caso haja segundo turno em Santa Catarina – para um novo debate então.

Fonte: Assessoria de Comunicação da OAB/SC

SIGA-NOS:
Todas as Notícias