Atualização traz mais de 40 correções e melhorias

O PJe-JT foi atualizado pela equipe de desenvolvimento na sexta-feira (22), para a versão 1.4.6.2. A funcionalidade “Escritório do Advogado” está sendo remodelada e passará por alterações, por isso foi retirado seu acesso.

Na consulta de documentos foi corrigido o erro que impedia a visualização de PDFs, pela chave de acesso. Além disso, foi incluída a opção “sigilo” na petição de solicitação de habilitação no processo (Painel do Advogado – menu “Processo>Outras ações>Solicitar habilitação), e reincluída nas petições incidentais dos advogados (Painel do Advogado – Detalhes do Processo – Aba “Anexar petições ou documentos”).

No total, foram mais de 40 correções de bugs e melhorias diversas, principalmente no uso interno, por servidores e magistrados. Agora, nos lançamentos de movimentações processuais que exigem o “nome da parte” é exibida uma listagem com opções, dispensando a digitação.

Outro exemplo é que no procedimento de remoção de processos do controle de prazos algumas configurações não estavam sendo “desligadas”. Isso foi corrigido. Já para os magistrados, na fase de minutar sentenças e despachos, uma modificação permitirá optar por fluxo usando o editor estruturado ou o normal (antigo).

No 2º grau, agora é exigido, em nova sessão, o voto do relator e aqueles proferidos na última sessão anterior, no caso de processo incluído em uma relação de julgamento, após ter sido adiado de pauta anterior. Também foram corrigidos os problemas ocorridos na intimação de pauta (número do processo e variáveis de horário e local da sessão).

SIGA-NOS:
Todas as Notícias